Alergia a Medicamentos

Hipersensibilidade a Medicamentos

Os medicamentos são prescritos para auxiliar os pacientes, mas todos os medicamentos têm algum efeito colateral.

Cerca de 5% a 10% das reações colaterais aos medicamentos são alérgicas. Isso significa que o sistema imunológico reage contra a medicação.

A reação alérgica aos medicamentos pode evoluir para reação anafilática.

A maioria das medicações podem ocasionalmente causar alergia. Antibióticos, como penicilina, cefalosporinas e sulfas, anticonvulsionantes como fenitoína e algumas medicações usadas em anestesia são as causas mais comuns.

Vacinas também podem induzir reação alérgica.

Uma alergia ocorre quando um sistema imune responde a uma proteína de uma substancia considerada estranha ao organismo. A reação alérgica pode se manifestar por urticária e até por reação anafilática. Na reação anafilática o paciente sente calor, coceira no corpo, urticária, inchaço na garganta, chio no peito falta de ar e queda da pressão arterial, náusea vomito, cólica abdominal.

Esses sintomas requerem tratamento de emergência incluindo injeção de adrenalina. A maioria das reações ocorre dentro de 1 hora após a ingestão da medicação, mas em 20% dos casos a reação pode ocorrer algumas horas depois.

É muito importante informar ao medico sobre qualquer reação adversa a medicação.

Se o individuo desenvolve uma reação em uso de medicação, o medico alergista e imunologista irá avaliar e determinar se é uma reação alérgica a medicação.

Se o paciente já teve uma reação alérgica, todos os médicos devem ser informados.

O mais importante é relatar ao medico qualquer reação adversa durante o uso de qualquer medicação.